segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Corações ternos, palavras gentis

Seu Guia Diário:

Corações ternos, palavras gentis
:: Leia Lucas 10.38-42 ::
Assim diz o SENHOR: Ponde-vos à margem no caminho e vede, perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho; andai por ele e achareis descanso para a vossa alma. Jeremias 6.16
......................
Quando eu tinha 11 anos de idade, visitei Clayt em sua casa. "Clayt tem dificuldade em aritmética", disse sua mãe, "mas o pai dele tem ajudado. Na última prova ele se saiu melhor. Assei uma torta de chocolate para ele, para comemorar." Fiquei assombrado. A ideia de ser elogiado por realizações comuns era nova para mim. Meus pais me ensinaram a importância do trabalho e de considerar cada pessoa valiosa, mas alguns dos cristãos de minha igreja reagiam às necessidades emocionais com corações mais brandos e palavras mais gentis do que as que eu ouvia em casa. Também notei que na história de Maria e Marta, Jesus elogiou Maria, que não estava sendo produtiva. Ela precisava de alimento espiritual e sabia que Jesus podia lhe dar isso. Ela ousou se rebelar contra os costumes, não trabalhando para encher a casa com o cheiro de pão assando, nem ajudando sua irmã. Eu vivi 70 anos; e muitas vezes fui como Marta, culpando as pessoas que não são obviamente produtivas. Também me lembro da dor de ser criticado por ler ou jogar golfe em vez de trabalhar no jardim ou limpar meu quarto. Peço a Deus que me ajude a ser mais parecido com Cristo em minha abordagem às pessoas cujos valores e modo de vida são diferentes dos meus.
Oração: Senhor amado, ajuda-nos a alimentar nossa necessidade de trabalhar e encontrar sentido espiritual e permitir que os outros façam o mesmo. Em nome de Jesus. Amém.
Pensamento para o dia: Deus me ama mesmo quando não estou fazendo nada.
Oremos pelas pessoas que acham que precisam trabalhar o tempo todo.



Deus abençoe.
comente!

seu comentário é muito importante para nos,


Nenhum comentário:

Postar um comentário

;