quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Julgar?..... você também erra...

Você gosta de Julgar as pessoas?


Julgar... às vezes você nem percebe que julgou, não é? Estamos tão acostumados a fazer isso que, muitas vezes, nem notamos o quanto nós fazemos... 
É muito fácil apontar... Os cristãos cometem muito esse erro, principalmente nas igrejas... 
O que é mais fácil, se controlar quanto aos pensamentos ou quanto as atitudes?

Julgar é um pecado comum de se cometer principalmente por estar mais no pensamento do que nas atitudes.

Está na essência do ser humano olhar mais para os outros do que para si mesmo. Se fosse feito um pedido para que você falasse os defeitos e erros de cada pessoa de sua igreja, por exemplo, tenho certeza de que você não teria muitas dificuldades.

O que a bíblia fala sobre julgar

Jesus fala em Mateus 7:1-2:
"Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós."

O problema do julgamento é que ele feito por homens, nós, que somos pecadores, que cometemos erros, muitas vezes piores que o do irmão. Queremos julgar como se nós não cometessemos erros.

Veja Mateus 7:3-5
"E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão."

O Senhor não quer que nós olhemos mais para o erro do irmão do que para nossos erros. 

Então é errado? 

A partir do momento em que fazemos dessa forma, sim. Mas quando nós reconhecemos nossos erros e, se for para ajudar, exortamos nosso irmão, de uma maneira justa, com a justiça do pai, Deus diz que não há problema. Você deve ajudar seu irmão e não se cumplice do problema se omitindo.

O julgamento mais correto é aquele que é feito por Deus. Você precisa saber se um irmão está te prejudicando? Ore ao Senhor, peça pra que Ele lhe mostre as intenções do seu próximo.

Por isso, sempre que for julgar, para um pouco e pense: "Não é melhor orar por ele?" 

"Eu julgo muito, o que eu devo fazer para parar com isso?"

Assim como você, eu também julgava muito. É importante estar sempre alerta quanto aos seus pensamentos, mas há uma resposta simples par responder essa pergunta: Amor de Deus 
Querendo ou não, não julgamos sem motivo. Sempre aconteceu algo que nos levar a julgar. Sempre que julgamos, estamos chateado com o irmão, tivemos alguma briga ou, até mesmo, não falamos muito.
Já reparou que é muito mais fácil julgar alguém que você não fala muito? Sabe por que? Porque aquele que está mais perto, você ama. Você não se sente muito bem o julgando.

Amor de Deus transforma, ele nos faz diferentes. Quando amamos nosso irmão, nosso amigo ou colega, evitamos tirar conclusões preciptadas.

Como fazer para viver esse amor?

Tendo um relacionamento com Deus; buscando-O, louvando, adorando-O, lendo a Bíblia... Peça pra Deus prar te dar sabedoria e amor para com seus próximos. Tenha certeza de que o Espírito Santo te guiará, se você permitir e, assim, julgar as pessoas será cada vez mais raro em sua conduta.

Todos nós erramos, o que devemos fazer é orar e não julgar. 

E você o que você acha a respeito disso?

comente!

seu comentário é muito importante para nos,


Deus abençoe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

;