quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

5 motivos graves que levam Deus a detestar o carnaval



O que será que Deus pensa sobre o carnaval? Evidentemente, na época bíblica não tínhamos ainda o carnaval, por isso, não temos na Bíblia nada que fala especificamente dele. No entanto, temos alguns textos que podem nos ajudar a enxergar que Deus detesta o carnaval e outras festas parecidas com ele (festas essas que existiam já na antiguidade). Vamos verificar se esses são bons motivos para Deus detestá-lo e, consequentemente, nós também?


Motivos que fazem Deus detestar o carnaval

(1) Deus detesta o carnaval porque o que acontece nele não é edificante

A grande mídia que fatura alto com o carnaval faz questão de esconder o que realmente acontece nesses quatro dias de festa. O governo também tenta minimizar a questão com algumas políticas de saúde pública para diminuir o estrago (distribuição de camisinhas, por exemplo). Mas uma pesquisa rápida pela internet nos ajuda a verificar que o carnaval é uma das épocas onde existem mais estupros, mais acidentes por embriaguez ao volante, mais mortes nas estradas, mais assédios, mais gravidez indesejada, mais doenças sexualmente transmissíveis, mais abusos de todo tipo concentrados em poucos dias, etc. Tudo isso nos indica claramente que o carnaval é a festa dos excessos e a festa onde Deus e Sua vontade são colocados de lado. Tudo isso, além de custar caríssimo aos cofres públicos, também custa caríssimo à vida das pessoas. Como Deus pode amar algo assim? Como Deus pode aprovar tal busca por uma alegria destruidora que nem pode ser chamada de alegria?

Deus, na época do profeta Isaías, chamou a atenção de seu povo por algo parecido com o carnaval e que fazia parte da vida das pessoas: “Ai dos que se levantam pela manhã e seguem a bebedice e continuam até alta noite, até que o vinho os esquenta! Liras e harpas, tamboris e flautas e vinho há nos seus banquetes; porém não consideram os feitos do SENHOR, nem olham para as obras das suas mãos” (Isaías 5:11-12)

(2) Deus detesta o carnaval porque nele as pessoas são mais amigas dos prazeres do que amigas de Deus

Existem prazeres em nossa vida que não são pecado. Mas no carnaval o grande foco é para os prazeres pecaminosos. Dentre eles podemos citar claramente a sexualidade aflorada e fora de controle, a lascívia, as bebedeiras insanas, e a busca da alegria nos prazeres e não em Deus. Isso faz Deus detestar o carnaval. A palavra do Senhor nos alerta que esse tipo de comportamento seria muito comum nos tempos do fim: “Sabe, porém, isto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes (…) traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus… (2 Timóteo 3:1-4). Isso demonstra claramente o espírito do carnaval atual: amizade com o mundo e distância de Deus e de Sua vontade.


(3) Deus detesta o carnaval porque nele não existe espaço para Ele

A Bíblia nos mostra que Deus não é um Deus carrancudo e que não gosta de festas. Pelo contrário, nas leis do Antigo Testamento existiam diversas festas obrigatórias e, algumas, inclusive, que duravam até sete dias: “Fala aos filhos de Israel e dize-lhes: As festas fixas do SENHOR, que proclamareis, serão santas convocações; são estas as minhas festas” (Levítico 23:2). A grande diferença é que as festas de Deus têm foco na edificação do relacionamento de Deus com Seu povo. Elas não têm foco no pecado e no erro. As festas do Senhor são festas de alegria e gratidão focadas em Deus e não em coisas. Nelas havia culto ao Senhor, Deus era o centro delas. Já na festa do carnaval Deus é “expulso” pelos homens, não há espaço para Ele. E se Deus não é bem-vindo é porque a festa não é boa e não conduz à verdadeira alegria: “Nada há melhor para o homem do que comer, beber e fazer que a sua alma goze o bem do seu trabalho. No entanto, vi também que isto vem da mão de Deus, pois, separado deste, quem pode comer ou quem pode alegrar-se?” (Eclesiastes 2:24-25).

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Verdades e Mentiras que adolescentes cristãos precisam conhecer


1 - Amor - Deus tem mesmo preparado alguém especial para mim?

Verdade. Mas depende de você investir tempo com Deus, conversando com Ele, pelo menos todo dia. Sim há alguém especial para sua vida. Para conhecê-lo você precisa fazer um compromisso de fidelidade com o Senhor. Ser honesto com Deus. Se falhar, peça perdão e não volte a errar nas mesmas coisas. E por fim, não será namorando ou ficando com todo mundo que você vai descobrir por tentativa e erro quem foi que Deus preparou para você. Não é da forma que você pensa. Deus gosta de nos surpreender. Se você esperar, e confiar em Deus Ele vai trazer até você alguém a quem amar por toda a vida. E a recíproca também é verdadeira:ele ou ela também o/a amará com a mesma intensidade.


2 - Sexo - Casar virgem é caretice e pensamento ultrapassado?

Mentira. Deus nos criou para amar e ser amados. Todavia, você precisa se guardar puro/pura para aquela pessoa especial que Deus preparou para você. Pisar na linha, avançar o sinal, entregar sua virgindade antes do casamento para alguém que não é o escolhido ou a escolhida, só porque os outros acham isso moderno? Isso não tem nada de modernidade. É uma aventura que desagrada a Deus. Se "todo" mundo faz assim, por que  você deveria pensar igual a todo mundo? Pensar diferente não é estar errado! O mundo segue a voz do diabo e os cristãos, a voz do Espírito Santo. Quem quiser andar segundo os conselhos mundanos, também deve se preparar para sofrer nas mãos do diabo. Mas quem quiser ser amado e feliz, deve ouvir a voz de Deus.

Um lar cristão - Precisa ser constituído de acordo com a vontade do Senhor. Sobre as verdades bíblicas. Para construir um lar sobre a ROCHA, você deve escutar o que Deus Fala. Se você se guardar e esperar o tempo de Deus, você vai se casar sob a proteção e vontade do Senhor. Se você construir um lar sobre a AREIA, pisando na "bola",   vai dar na bandeja a chave da sua vida sentimental para o diabo. E assim os planos de Deus para seu lar serão arruinados.

Prejuízos - Não é apenas a virgindade que se perde quando se ouve a voz do mundo e despreza  a voz de Deus. O diabo pode roubar as bênçãos do seu lar. O pecado da fornicação, o sexo antes do casamento, derruba o muro da proteção espiritual de Deus. Por esta brecha, as coisas malignas tem liberdade para entrar e sair quando quiserem. É bom que você, adolescente, saiba disso.

Sexo descartável - Por isso, todo cuidado é pouco nos relacionamentos antes de você se casar. O sexo é muito deturpado nos dias de hoje. O sexo descartável é muito valorizado pelo mundo. E por descartável quero dizer aquilo que se usa e depois joga fora. Deus não criou o sexo para ser descartável. Foi criado para alegrar o dia a dia de pessoas que se amam de verdade e que esperam o tempo do matrimônio para depois praticá-lo.


Infelizmente, tem gente que ainda ESCOLHE errado, seguindo maus conselhos de amigos ou amigas da "onça", achando que é coisa "moderna", "chic", "top", quando na verdade, perder a virgindade voluntariamente antes do casamento é o caminho mais curto para perder  as  chaves do seu lar para o diabo e seus demônios.

3 - Aborrecimentos na Igreja - Todo mundo passa por isso.

Verdade. Mas isso não é motivo para desistir de ir ao culto. Você vai à Igreja para honrar, para cultuar a Deus. Não vai lá para cuidar de outras coisas. E cultuar corretamente significa oferecer sacrifício agradável a Deus. Louvor, oferta voluntária, e o principal: a sua presença no culto. Aqueles que começam a desistir de ir ao culto por alguma razão estará oferecendo um sacrifício defeituoso. Isso não é aceito por Deus.

Chegar a Deus no culto com um coração humilde, sem se preocupar com A e B é a decisão correta. A causa de muitos desvios e enfraquecimentos, na maioria das vezes, vem do costume de reclamar, murmurar, relembrar continuamente de coisas ruins. O Espírito Santo se entristece com atitudes assim. E, cada vez que resistimos a voz Ele vai se apagando da sua vida. É melhor jogar no lixo do esquecimento as coisas ruins que acontecem em nossos relacionamentos do que perder a alegria do Espírito Santo.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Mensagens subliminares representam algum risco?


Você pergunta: O que são mensagens subliminares? Para que servem? Elas representam algum risco?

Mensagem subliminar é a definição usada para o tipo de mensagem que não pode ser captada diretamente pelos sentidos humanos. Subliminar é tudo aquilo que está abaixo do limiar, a menor sensação detectável conscientemente. (Wikipédia). Muitas pessoas acham essas “supostas mensagens” em rótulos de refrigerante, embalagens de produtos, CDs, filmes, músicas, símbolos, etc. Muitos acreditam que essas “mensagens” teriam o poder de influenciar de alguma forma as vontades e decisões das pessoas, fazendo-as agir quase que sem pensar, motivadas por essas mensagens.

Pessoalmente, não creio que uma imagem ou mensagem que não se consegue perceber racionalmente possa nos incentivar ou [obrigar-nos] a fazer alguma coisa sem pensar e contra a vontade. Será que um disco rodado ao contrário e que possa aparentar conter alguma frase satânica ou diabólica pode representar algum risco para mim?

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Versículos que não estão na Bíblia e mesmo assim são ditos por alguns crentes



Há muitos irmãos que, infelizmente, pela falta de um minimo interesse de conhecer as Escrituras, saem por ai repedindo frases que ouviram por terceiros e com a plena convicção de que elas estão realmente escritas na Bíblia, o que não é verdade. Não é por que uma frase faz sentido que nós devemos abraça-la e crer que ela saiu da boca de Deus. Vai um alerta para todos aqueles que adoram utilizar bordões prontos e tem preguiça de ler a Bíblia, para todos estes citamos apenas um versículo que está de fato nas Escrituras: "O meu povo perece por falta de conhecimento. (Oséas 4:6)"



"O POUCO COM DEUS É MUITO".

Há pregadores citando essa frase como se fosse bíblica. É verdade que a matemática de Deus é diferente, pois quanto mais se tira tanto mais é acrescentado (“Um dá liberalmente, e se torna mais rico; outro retém mais do que é justo, e se empobrece. Pv 11.24”).
 Todavia, conquanto a frase em questão seja correta, não está registrada no Livro Sagrado.

"ATÉ 1000 IRÁ; DE 2000 NÃO PASSARÁ"

Muitos "profetas" a usaram para alertar acerca da iminente volta de Cristo, antes ou durante o ano 2000. Mas o que a Bíblia realmente diz acerca da vinda de Jesus? As palavras de Cristo quanto ao Arrebatamento da Igreja são mais do que claras: "... daquele dia e hora ninguém sabe..." (Mt 24:36). Leia também Atos 1:7, I Tessalonissenses 5:1 e II Pedro 3:8.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Namoro Cristão – 10 dicas para saber se seu namoro ou namorado (a) é de Deus.


Será que meu namoro é de Deus? Será que Deus aprova o meu relacionamento com o fulano (a)? Estou tão em dúvida se devo ou não continuar esse namoro, se essa é a pessoa certa, pois não tenho uma resposta clara de Deus a esse respeito! Será que devo começar um namoro com aquele rapaz ou esperar outro?
Essas são algumas das dúvidas que recebo todos os dias pedindo aconselhamento. Realmente nem sempre é tão fácil sabermos, ou melhor, percebermos se aquele relacionamento é ou não da vontade de Deus. Porém, existem formas claras de avaliarmos isso sem qualquer revelação sobrenatural. Existem sinais que podem nos orientar a tomar melhores decisões sobre a nossa vida amorosa. Por isso, preparei 10 dicas que te ajudarão a avaliar se seu relacionamento ou futuro relacionamento é algo de Deus para sua vida ou não.

1-) Seu relacionamento ou parceiro te afasta de Deus?

Esse é um grande sinal a se observar. Tome muito cuidado quando conhecer alguém que, ao invés de te ajudar a crescer na presença de Deus, te guia para longe da presença de Deus. Será que Deus aprova um relacionamento com alguém que te leva para longe Dele?

2-) Seu relacionamento ou parceiro te incentiva a pecar?

Sabemos que existem muitas tentações envolvidas em um namoro e que um casal terá que vencê-las lutando bastante. Quando avaliar se seu relacionamento ou pessoa é de Deus ou não, tente avaliar se ele (a) te incentiva a pecar ou se está junto com você lutando para preservar a santidade do namoro. Uma pessoa de Deus te ajudará a se aproximar ainda mais do Pai, colaborando com a sua santidade e não te ajudando a destruí-la.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Nome dos demonios e em qual área da vida eles atuam


" O ladrão, não vem senão para roubar, matar e destruir. Eu vim para que tenham vida e a tenham com abundância;" (João 10:10)
"E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas;" (Marcos 16:17)
 
Demônio da Enfermidade
Nome: Exu Caveira

Título que ele se atribui: senhor da enfermidade
Atuação: Este demônio coloca enfermidades nas pessoas em que ele possui, sendo que em alguns casos não se consegue descobrir as causas.
Linha demôniaca: Toda a linha de Caveiras, exemplo: Tatá Caveira, Caveira da Catatumba, etc.

Demônio da Sensualidade
Nome: Pomba-Gira

Atuação: Este demônio age na sensualidade e na vida sexual da pessoa. Usando de astúcia, age em várias brechas para entrar com uma das suas ramificações específicas na vida da pessoa. Muito debochada, aos leigos faz-se passar por conselheira amorosa, mas não passa de um demônio derrotado pelo Sangue de Jesus. A pessoa que possui este demônio, normalmente é uma pessoa que tem sua vida sentimental frustrada.
Linha demôniaca: Toda a linha de Pomba-Giras, exemplo: Maria Mulambo, Maria Padilha, Maria Navalha, Cigana, Cigana das Almas, Meia-Noite, Sandália de Prata, Ligeirinha, Rainha, Rosa Vermelha, Sete Saias, Cemitério, etc.
Estaremos detalhando mais sobre a ação de cada uma dessas Pomba-Giras!!!

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Árvore de Natal é pecado ter uma?

Com a proximidade do Natal recebi algumas perguntas de leitores do blog questionando se haveria algum problema em o cristão ter uma árvore de natal em casa, já que muitos dizem que a árvore de natal tem uma origem pagã e tê-la em casa (dizem) seria o mesmo que estar adorando a deuses pagãos da antiguidade. Segundo relatos, algumas igrejas chegam até a proibir seus fieis de terem esse ornamento em casa.
Esse tipo de tema traz muitas dúvidas na mente das pessoas, principalmente pelo fato de que a Bíblia não fala diretamente sobre eles. Muitos ficariam super tranquilizados se houvesse um décimo primeiro mandamento, dizendo: “não montarás árvores de natal em casa”. Porém não existe tal orientação na Bíblia. Assim, creio que precisemos pensar um pouco na questão para chegarmos a uma opinião madura sobre o tema.

QUAL A SUA INTENÇÃO QUANDO COLOCA UMA ÁRVORE DE NATAL EM SUA CASA?


O simples argumento de que algo foi usado por pagãos no passado não me convence de que não podemos usá-lo hoje. Isso porque os ímpios têm a capacidade de macular todo tipo de coisa em que põe a mão. Imagine, por exemplo, que os ímpios usavam o sexo (criado por Deus) em seus rituais pagãos. Então não vamos mais fazer sexo por causa dos ímpios? Os ímpios faziam cultos aos seus deuses debaixo de árvores frondosas (criadas por Deus). Não podemos então cultuar Jesus Cristo debaixo de uma bela sombra de uma árvore frondosa?

Para mim, em primeiro lugar, o que está em questão é a intenção. Com qual intenção você quer colocar uma árvore de natal em sua casa? Se houver qualquer intenção que fira algum mandamento bíblico, já está errado. Por exemplo, se você coloca essa árvore em sua casa, e com ela faz qualquer oferenda ou faz qualquer adoração que não seja ao Deus Todo Poderoso, você está pecando por isso. Se acha que ela lhe trará prosperidade, sorte e coisas do gênero, também está no caminho errado. Porém, se você usa a árvore de natal apenas como uma decoração, sem qualquer intenção direta de infringir os mandamentos do Senhor, por que estaria errado montar essa árvore em casa? Ninguém adora um deus pagão só pelo fato de ter uma árvore de natal em casa. É preciso haver a intenção de fazer isso.
Paulo trabalhou uma questão semelhante com a igreja em Corinto. Observe o que ele disse:
;